Categoria: silk machine

 

Protegido: Link de Sites para Baixar Vector

Este conteúdo está protegido por senha. Para vê-lo, digite sua senha abaixo:

Como montar uma empresa de BRINDES Personalizados?

como montar uma empresa de Brindes Personalizados para festas

É muito difícil encontrar alguém que não tenha um único produto promocional em casa ou no trabalho, não é mesmo? Um copo, uma caneca, um squezze na sua mesa de escrivania, com a marca de alguma empresa provavelmente faz parte dos materiais do escritório, um calendário ou até mesmo um pen drive personalizado para alguma ação publicitária. Mesmo em tempos de crise econômica, o mercado de brindes segue em alta, uma vez que as empresas fornecem brindes para clientes, parceiros, fornecedores e funcionários em diversos momentos do ano.

As festas, independente do tipo de comemoração, casamento, aniversário, 15 anos, formatura, confraternização, e até mesmo um chá de cozinha ou um batizado, esta quase sendo que obrigatório, o uso de um produto de acrílico, ele é usado na própria festa e também como lembrancinha da festa.

As datas de maior demanda no mercado de brindes costumam ser as datas comerciais e finais de ano, mas os tempos estão mudando e a necessidade de marketing é muito grande, e por isso é usado esse tipo de brindes o ano inteiro pelas empresas.
Por isso, investir em um negócio de brindes é uma boa idéia.

Primeiros passos

Montar uma empresa de brindes pode ser um investimento bastante lucrativo, desde que o empreendedor tenha seguido alguns passos básicos, um planejamento básico, como nicho de produtos, abrangência da suas vendas, pessoas envolvida no negocio para cada função, além de se preocupar em oferecer diferenciais para que sua empresa se destaque nesse meio tão competitivo.

O legal do mercado de personalizados é que empresas de perfis diferentes entre si conseguem seu lugar ao sol, justamente pela grande demanda. Sendo assim, a empresa que foca mais em brindes para festas tem seu espaço no setor. E, naturalmente, oferecer preços competitivos por um bom produto é vital para quem deseja prosperar nesse mercado.

De acordo com a Associação Brasileira de Brindes (ABRINDE), há pelo menos 500 tipos diferentes de brindes que podem ser oferecidos, desde as tradicionais canetas, agendas e adesivos, até itens confeccionados em material ecológico e sustentável. Então, o que não faltam são opções para escolher seu nicho de mercado.

De olho no mercado

Para começar, o empreendedor que planeja montar uma empresa de brindes personalizados precisa definir questões como quais opções de brindes constarão em seu catálogo, além de quais e quantos equipamentos serão necessários para produzi-los. Para tal, a dica de ouro é: estude o mercado. Esse estudo deve ser feito não somente analisando o que a concorrência oferece, como também visitando feiras e congressos do setor de promoção e brindes para conhecer as últimas novidades nesse segmento, bem como pesquisar os melhores preços de fornecedores para seu negócio.

Uma boa dica dada pelo Sebrae é começar a produzir uma pequena quantidade de cada item pré-selecionado, a fim de determinar quais terão mais saída e quais não compensam tanto assim fabricar. Mas quais produtos escolher? Bom, tudo dependerá de seu público-alvo! Por exemplo: se seu foco será baseado em brindes tecnológicos como pendrives, mousepads e capas para smartphones, talvez não seja tão interessante investir inicialmente também na fabricação de itens de papelaria, assim como quem estabelecer foco em itens de escritório pode ter algum prejuízo se fabricar brindes de uso doméstico, como itens de cozinha.

Onde e como montar minha fábrica?

Enquanto alguns mercados são mais beneficiados com localidades privilegiadas, o setor de brindes não tem essa exigência, permitindo instalar sua empresa em bairros mais afastados, até mesmo na sua residência, com melhores valores de locação .
O motivo? Uma empresa de brindes personalizados utiliza meios como a internet, a propaganda e o “boca a boca” para conquistar sua carteira de clientes, não dependendo tanto assim do local onde está montada.

Já quanto à estrutura da empresa de brindes, ela deve ser adptada de acordo com sua nescessidade.

“COMEÇE PEQUENO, MAS SEMPRE COM FOCO EM SER GRANDE.”

Para isso você já começa formatando tudo o que você planejou, com os espaços adequados para cada tipo de atividade dentro do seu negócio. (mesmo não tendo todas pessoas ainda), uma recepção, com show roon, banheiros, depósito para matérias-primas, área de produção, depósito de produtos já finalizados, escritório e expedição.

O tamanho do imóvel dependerá do porte da empresa, sendo que o local deve acomodar as maquinas necessárias para a produção,
– contendo 1 mesa grande para a maquina impressora, com espaço de 1 lado e outro, para colocar os produtos lisos e os prontos.
– um espaço de 3×2 para a gravadora de matriz, essa de preferencia com baixa iluminação.
– uma pia ou um tanque para revelar e lavar as telas de silk
– prateleiras e armários para guardar tintas e insumos necessários.

Partindo para a técnologia, é fundamental que você tenha um bom
– computador para criação da suas artes,
– um notbook para trabalho de vendas e atendimento.
– uma impressora colorida jato de tinta, para imprimir seus pedidos e outros
– uma impressora a laser somente para as impressões dos fotolitos das artes
– outros equipamentos vai depender da sua nescessidade e do seu investimento, podendo até entrar em outros nichos de mercado.
A Silk Machine tem ótimos equipamentos e bastante esperiência para lhe ajudar a formatar seu negócio.

Contratando pessoal especializado

Por mais automatizada que seja, uma empresa de brindes não funciona sem pessoas especializadas, não somente para operar as máquinas, como para criar artes, vender e administrar o negócio.

Ainda conforme informações do Sebrae, uma pequena fábrica de brindes é capaz de funcionar com cerca de dez funcionários trabalhando em funções como administrador, assistente administrativo, supervisor de produção, orçamentista, operadores de prensa e corte, gravadores, embaladores, vendedores e representantes comerciais.

Algumas dessas funções, como administrador e orçamentista, por exemplo, podem ser desempenhadas pelo próprio empreendedor – ao menos inicialmente. Já as atividades mais específicas, incluindo o design das personalizações e o manuseio das máquinas, devem ser feitas por profissionais especializados.

Divulgando seu negócio

Nos dias atuais, a internet é a principal ferramenta utilizada para crescer e aparecer no mercado de brindes, conquistando e fidelizando clientes de sua fábrica. Então, é essencial ter um web site no ar, contando com seções como “Institucional”, onde a história e atividades da empresa são contados ao leitor, bem como catálogo de produtos, área de contato e, se possível, um blog com conteúdo relevante semanal para atrair mais visitantes para sua página.

Além disso, as redes sociais também são verdadeiras aliadas na divulgação de uma fábrica de brindes em pleno século XXI. Mídias como Facebook, Twitter e Instagram se tornaram extremamente importantes não somente para divulgar seus produtos e serviços, como também para prestar um atendimento mais ágil aos clientes, solucionando suas dúvidas e até mesmo enviando orçamentos.

Burocracias e controle de finanças

Uma empresa de brindes funciona como um ponto comercial tradicional perante a lei, se enquadrando no Simples Nacional. Portanto, para operar nos conformes da lei, a empresa de brindes precisa obter as mesmas licenças dos comércios em geral, como ser uma pessoa jurídica e conseguir a licença para funcionamento com a prefeitura do município onde estiver localizada. Um contador é o profissional indicado para preparar toda essa papelada, deixando o empresário livre para se preocupar com questões como o estudo de mercado e compra de materiais.

Já para administrar as finanças de sua empresa de brindes, o empreendedor pode utilizar softwares de gestão de negócios, cujo papel é justamente facilitar esse processo para os empresários.

Quer realizar o sonho de ter o seu próprio negócio? fale comigo estarei pronto para lhe ajudar nessa jornada. (solicitar atendimento)

“com muita fé eu acredito que você é capaz de ser o protagonista da sua própria vida”

4 Dicas para focar no seu crescimento e da sua empresa

Dicas de gestão

Uma das maiores dificuldades que os donos de negócio encontram é a capacidade de manter o foco!

Isso aconteçe por vários motivos:

  1. Os donos ficam ocupados respondendo muitas perguntas, o que causa extrema distração;  
  2. Os donos se ocupam de tarefas nas quais não são bons. Pior, eles estão presos a tarefas que nem gostam;
  3. Os donos não estão focados em tarefas de alto valor. Eles estão muito ocupados … mas não estão fazendo coisas que realmente ajudarão a melhorar os negócios; 
  4. Os donos estão focados em soluções paliativas e problemas de curto prazo. Eles estão apenas tentando passar o dia – não focados em alcançar metas de longo prazo.  

Confira dicas para focar e evitar ficar atolado nas tarefas do dia-a-dia:

  1. Acompanhe o que você realmente faz: Por exemplo, em vez de ficar apagando incêndios, escreva o que você pretende fazer durante o dia. Se você realmente fizer outra coisa, escreva isso também. Por que fazer isso? Você aprenderá o quanto realmente está fazendo – e acima de tudo para onde sua energia está realmente indo.
  2. Crie espaço e tempo para trabalhar da melhor maneira possível: Onde você é mais produtivo? Quando você dá o seu máximo? Com muitas distrações para capturar sua atenção, é preciso escolher com cuidado o tempo e o espaço para realizar seu trabalho. Você trabalha melhor de manhã, de tarde ou à noite? Em espaços com muita gente e barulho ou em espaços mais calmos? Você pode realizar um trabalho com mais qualidade, mais focado e, por consequência, mais produtivo, quando identifica meios e ferramentas de alcançar o seu maior potencial.
  3. Saia da Loja/Empresa: Escolha um dia em que tudo estiver correndo bem e saia da loja! Os funcionários precisam de autonomia e não desejam serem vigiados o tempo todo, mas use esse tempo para se concentrar nas coisas que realmente podem agregar valor. Você também descobrirá as áreas que precisam ser aprimoradas. Como? Você pode tomar um café em pessoas que você confia e perguntar a opinião delas sobre a sua empresa? Sobre o que elas acham que falta… Você pode visitar outras empresas que você admira e realmente observar detalhes que fazem a diferença e que você deseja implementar em sua loja. Você pode analisar a concorrência ou mesmo se inspirar de diversas maneiras: lendo um livro, assistindo uma palestra ou um filme.
  4. Aceite seus limites: documente tarefas e procedimentos você não é um super-herói, mesmo que queira ser! Queremos atender às necessidades de todos. Esse dilema de super-herói é difícil, porque você precisa parar e colocar as coisas no papel e dizer às pessoas que elas serão responsáveis ​​por certas coisas.

Por outro lado se você passa a maior parte do tempo apagando incêndios, está atrasando sua equipe e prejudicando o crescimento de sua empresa . Você precisa dedicar tempo às coisas que proporcionam grandes retornos no futuro e aprender a delegar.


Aproveite e confira também: 9 conceitos dos negocios que fazem dinheiro Como calcular Lucratividade e rentabilidade do seu negocio , Como os descontos impactam as vendas


Se Gostou, não deixe de acompanhar o nosso Blog e seguir a Silk Machine nas redes sociais: Facebook. Instagram, Youtube

Qual tipo de borracha é melhor para o seu RODO de impressão.

Muitos serigrafistas não dão importância para o tipo de borracha que utilizam, mas não é a toa que existem diversos tipos e a escolha da borracha certa lhe trará grandes benefícios.

Antes de falarmos sobre a lâmina certa, é bom ressaltar que na serigrafia a ação de imprimir está diretamente ligada a diferentes fatores, sendo os mais comuns:

  • Pressão do rodo
  • Velocidade da impressão
  • Fora-contato
  • Tensão da malha
  • Viscosidade da tinta
  • Características da lâmina do rodo (dureza, dimensões e perfil)

Hoje, no entanto, vamos analisar o último aspecto, ou seja, as diversas propriedades das lâminas utilizadas em rodos na impressão serigráfica. Seria ótimo poder explorar cada um desses fatores, mas isso fica para uma próxima publicação, senão nos alongamos demais.

Qual o melhor tipo de borracha?

O primeiro passo para escolher a borracha certa é o tipo de material, porém o que mais indicamos pela qualidade e durabilidade são as borrachas (tiras) de POLIURETANO, conhecido como PU.

As borrachas ou tiras de PU tem alta resistência química, então é recomendado para qualquer tipo de tinta, seja base água, plastisol, solvente ou UV!

as borrachas de poliuretano, por terem um material mais nobre em sua composição, tendem a ser um pouco mais caras, porém mais econômicas se considerados alguns fatores:

  • vida útil mais longa, o que requer menos reposições;
  • minimização dos problemas com manutenção;
  • redução do tempo parado, aumentando a produtividade.

Como identificar se a borracha é de PU?

Basta mergulhar dentro de um solvente vinílico um pedaço da tira de borracha e deixar imerso por algumas horas. Se começar a “inchar”, a borracha é de má qualidade.

Você consegue avaliar o desempenho da sua lâmina verificando o lado de dentro das matrizes durante a impressão. Se esta área estiver molhada de resíduos de tinta, então o desempenho da lâmina está falhando de alguma maneira e já está na hora de trocá-la.

Resistência química:

A ação de tintas à base de solventes e de tintas UV pode reduzir drasticamente a expectativa de vida das lâminas, provocando o inchaço e até mesmo seu amolecimento. Atualmente, as lâminas de poliuretano usadas na serigrafia resistem a uma gama cada vez mais ampla de tintas e solventes.

Resistência mecânica:

O atrito do rodo contra a malha vai gradativamente desgastando a lâmina, que perde a capacidade de raspar a tinta da malha e deixa o acabamento da impressão cada vez mais grosseiro com o passar do tempo. Lâminas de qualidade superior apresentam menor desgaste e maior resistência, mesmo quando o rodo trabalha sob alta pressão.

Qual a “dureza” da borracha que devo escolher?


Muitos serigrafistas escolhem a dureza pela cor, mas é errado. Existem diversos tipos de fornecedores e cada um trabalha com cores distintas. O correto é escolher pela DUREZA, que é determinada por SHORE.

Existem diversos tipos, mas as mais comuns são de variantes de 60 até 90 shore.
Sua primeira tarefa ao escolher uma lâmina para os rodos de impressão é determinar a dureza desejada. Ela é geralmente medida em Shore A para aplicações em serigrafia e as mais comuns e de maior comercialização são: 60A (macio), 70A (médio), 80A (duro) e 90A (extra-duro).

Geralmente os de 60 a 80 shore são utilizados em estamparia têxtil. E de 80 a 90 SH para serigrafia plana (Brindes).

A escolha da dureza é normalmente feita em função do tipo de material que você vai estar utilizando na impressão.

– Exemplo: Produtos de materia plastico, PS. PP. PEAD. PET etc
– Material de agenda: corvin, couro, papelão, acrilico etc
– Material de camisetas, sacolas: Tecidos, algodão, linho, poliester, malha, TNT

Por exemplo, se o substrato apresenta uma superfície irregular ou áspera e requer uma malha aberta para sua impressão, recomenda-se uma lâmina de dureza entre 60 e 70 shore. Mas se o substrato é macio e a malha é bem fechada, a dureza deve ficar entre 80 e 90 shore.

Mesmo com todas estas variáveis de dureza, sabemos que as lâminas com 70 shore ainda são as mais utilizadas. Por quê?

Bem, a tarefa da lâmina certa é cortar a tinta a fim de que passe através da malha. A lâmina precisa ser rígida o suficiente para isto, porém macia o bastante para se ajustar ao contorno da matriz. Uma lâmina de dureza média, como a de 70 shore, permite ao impressor um pouco das duas coisas, já que não é tão dura a ponto de dificultar a impressão manual, nem tão macia a ponto de não cortar a tinta.

Outro fator determinante na seleção da dureza da lâmina é a tinta. Tintas mais agressivas, como tintas UV, causam mais danos às lâminas que uma tinta à base de água ou um plastisol, por exemplo. Se a lâmina for mais dura, sua resistência a solventes também será maior. Por isto, a fim de se minimizar o inchaço e a fragilização causados pela ação química, convém usar uma dureza maior.

O tipo de impressão também é um fator de escolha. Se a impressora trabalha em alta velocidade, utilize lâminas mais duras, assim você evita grandes desgastes. Já as lâminas mais macias são indicadas para impressão manual, máquinas semiautomáticas ou que trabalhem em baixa velocidade.

O modo como a tinta é depositada sobre o substrato também é afetado pela dureza da lâmina. Uma lâmina macia tende a depositar uma camada mais espessa de tinta que uma lâmina dura. Então, se a sua impressão é chapada ou com uma área de maior cobertura, prefira uma lâmina mais macia.

Perfil

Existem no mercado diversos perfis de lâminas para rodos de impressão: retangular, retangular de bordas arredondadas, arredondado, diamantado, de gola em T, chanfrado em V e o chanfrado simples. Entretanto, os perfis mais encontrados e utilizado no mercado são o retangular e o chanfrado em V.

Perfil retangular – é o mais comum, amplamente utilizado em impressão de superfícies planas em geral, inclusive têxtil, e são absolutos na impressão manual.

Perfil arredondado – tem seu uso limitado em indústrias têxteis, nos casos onde se quer um depósito de tinta mais pesado.

Chanfrado – indicado para impressão em superfícies cilíndricas, onde geralmente a definição dos traços e contornos é muito importante. Geralmente são usados os chanfrados em V, pois sua performance em máquinas de alta velocidade é melhor. Há quem prefira os de chanfro simples quando se imprime sobre substratos muito rígidos.

Quais cuidados devo ter com as Tiras de PU?

Uma simples queda do rodo por vir a danificar a borracha, formando “dentes” imperceptíveis que irão prejudicar no seu processo de silk. Também procure evitar que as tintas ressequem a Tira de PU, para isso uma boa limpeza é fundamental.

Uma dica para a borracha durar mais é “afiar” a TIRA de PU para deixa-la nova novamente

Considerando todas essas variáveis não tem como errar na escolha da lâmina certa e ainda garantir economia e eficiência à sua produção. Mas não para por aí. Se você realizar a manutenção adequada, garantirá maior vida útil para a sua lâmina.

.

Onde posso comprar?

Em nossa loja virtual, você encontrará tiras de PU de ótima qualidade e com bom preço. Também trabalhamos com rodos para serigrafia tanto de alumínio como de madeira.

Acesse e confira: www.silkmachine.com.br

Caso queria saber mais sobre estas BORRACHAS ou TIRAS de PU, entre em contato conosco: (44) 3023 0135 – vendas@silkmachine.com.br

A escolha correta para o Nylon/Poliester para telas de brindes

Matrizes de serigrafia

Nylon que utilizamos para impressão em copos e canecas de acrílicos, na máquina Silk Machine é:

Copos, Canecas – Nylon 100
Canetas  –              Nylon 150
Lixocar          –       Nylon  60

Para outros brindes, veja mais nas especificação abaixo
Read More

Empreendedores apostam no sucesso dos brindes personalizados para sair da crise

Com a crise no Brasil, surgem novos grupos de EMPREENDEDORES, apostando no sucesso de um nicho de mercado que cresce em 38% ao ano, que é o de  BRINDES PERSONALIZADOS. Read More

Imprimindo copos

Para alegria dos funcionários chegou uma maquina para ajudá-los na produtividade