A escolha correta para o Nylon/Poliester para telas de brindes

Matrizes de serigrafia

Nylon que utilizamos para impressão em copos e canecas de acrílicos, na máquina Silk Machine é:

Copos, Canecas – Nylon 100
Canetas  –              Nylon 150
Lixocar          –       Nylon  60

Para outros brindes, veja mais nas especificação abaixo

Não existe uma fórmula certa para a escolha do nylon. Alguns serígrafos utilizam determinadas tramas por terem mais facilidade de trabalhar, adquirida com a experiência própria.

tecido-de-nylon_silkmachine

Nylon / Poliester para telas serigrafia

A trama de poliéster (chamada comumente de nylon) é o ponto de partida para o trabalho serigráfico. Sua lineatura é dada em fios por centímetro. O fio pode ter diferentes espessuras (identificadas por S, T e HD) e ainda pode ser de monofilamento ou multifilamento.

Precisamos tomar certos cuidados na escolha do nylon/poliester, levando em conta os seguintes parâmetros:

– Tipo de desenho: desenhos com traços finos necessitam de nylons mais fechados, para não perder os detalhes.

– Evitar serrilhado: nylon muito aberto facilita o aparecimento de serrilhado no desenho, onde o contorno da imagem apresenta um aspecto de uma serra ou “escadinha”.

É preciso saber se a tinta necessita realmente ser impressa com trama aberta, como a tinta puff onde o nylon aberto permite uma maior carga de tinta e o efeito do puff fica mais aparente, ou se o substrato pode “disfarçar” o defeito do serrilhado, no caso de impressão sobre superfície irregular ou porosa, como malha piquet, por exemplo.
– Proteção do substrato: uma carga muito grande de tinta pode destruir o substrato que será impresso, como por exemplo, uma bola de aniversário. Um nylon mais fino controla melhor a carga de tinta e do solvente que ela carrega, evitando que a bola estoure. Na impressão sobre materiais que não absorvem a tinta, como o vidro, é preciso controlar a carga de tinta para evitar que a impressão saia borrada.

 

Aqui vão algumas dicas para a escolha do nylon.

tela-estamparia-silk-screen-silkmachine

Telas para serigrafia na maquina de gravação em UV

Número de Fios por cm² – Aplicação ou Substrato

12 / 18 – Glitter, cola para flocagem.
44 – Tecidos Grossos, Jeans, tinta Puff, Toalhas, Adesivo para Flocagem, Áreas de cor chapada.
62/ 77 – Papelão, madeira e tecidos em geral.
77 – Retículas até 45 pontos por polegada e Policromia em tecido.
100 / 120 – Retículas até 45 pontos por polegada e detalhes finos em papéis e outros materiais (exceto tecidos), bolas de gás, auto-adesivos, brindes.
130 / 200 – Vidros, cerâmicas, impressões cilíndricas, retículas especiais (até 80 pontos)

Após a esticagem, a tela deverá ser lavada com um detergente neutro ou produto próprio para desengraxe de matrizes. Este processo elimina a “graxa” utilizada na fabricação do nylon e outras impurezas que possam vir a interferir na aderência do filme de corte, capilar ou da emulsão fotográfica na tela, causando furos e má formação da imagem.

 

Comments are Closed

^